Festival Cannes Lions é cancelado por causa do coronavírus

A organização do Cannes Lions confirmou o cancelamento do evento em 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus. Seria a 67ª edição do Festival Internacional de Criatividade, principal premiação do mundo publicitário, que deixa de ser realizado pela primeira vez desde a inauguração em 1954.

Inicialmente o evento estava marcado para o período de 22 a 26 de junho e havia a intenção de realizá-lo em outubro.

O presidente do festival, Philip Thomas, indica a grande turbulência pela qual passam as indústrias criativas, de marketing e muitas outras.

“O Cannes Lions, em sua essência, sempre foi sobre criatividade e os Leões. Entendemos que a comunidade criativa tem outros desafios neste momento, e claramente não tem condições para seguir com o trabalho que estabelece as melhores referências”, afirma.

A próxima edição do festival será realizada no intervalo de 21 a 25 junho de 2021. Segundo a organização, os prêmios já inscritos serão transferidos para o ano que vem, assim como os ingressos já vendidos.

“Todos esperamos um momento mais positivo. No momento, o Cannes Lions continuará a reunir a comunidade criativa global e a inspirar onde podemos encontrá-la”, diz Simon Cook, diretor-administrativo doe vento.

“Acreditamos firmemente que os Leões continuam a oferecer um reconhecimento valioso a essa comunidade e esperamos celebrar e homenagear o trabalho em 2021, quando se espera que o mundo se sinta mais estável”, completa.

Em 2019, o  festival francês de publicidade diminuiu o número de premiações, de 1.186 para 933 — e 85 foram dados a participantes brasileiros.

A a agência AKQA legou dois Grand Prix, grandes prêmios. Um na categoria mídia para Air Max Graffiti Stories, campanha da Nike, e outro na categoria entretenimento para Bluesman, vídeo do rapper Baco Exu do Blues.


+ Mais Inteligência de Mercado

Sugestões, críticas ou dúvidas? Envie para
folha.inteligenciademercado@gmail.com

Siga também no Linkedin, Twitter e Instagram